Mel Gibson quer fazer as pazes com o povo Judeu?

Depois de ser acusado de anti-semita, Gibson planeja levar história de herói da Judeia para as telas

A vida de Mel Gibson fora das telas anda conturbada. Depois de ter problemas com bebida expostos, de ser preso dirigindo bêbado e fazer acusações anti-semitas, parece que o ator pretende reparar um pouco de sua imagem junto ao povo judeu.

Segundo o Deadline, o ator e diretor pretende levar para as telas a  história de Judas Macabeu, um herói judaico que viveu por volta de 200 A.C., e se revoltou contra o domínio greco-sírio em sua terra. Segundo o site americano, Gibson trabalha junto com o roteirista Joe Eszterhas para levar a história para as telas pela Warner Brothers. Segundo informações Gibson recebeu carta branca do estúdio para dirigir o filme, mas aparentemente ele se envolverá apenas na produção executiva. A curiosidade é que Judas Macabeu, aparentemente , é um parente distante do escocês William Wallace, personagem vivido por Gibson em Coração Valente, de 1995.

Mel Gibson sempre foi conhecido por sua posição conservadora de extrema-direita, mas a polêmica em torno de seu anti-semitismo começou quando dirigiu A Paixão de Cristo em 2004 e deixou claro que julgava os judeus como responsáveis pela condenação de Jesus Cristo. Várias manifestações contra o filme foram feitas, mas só aumentaram o interesse em torno da produção. Quem sabe não é agora a hora de Gibson se reconciliar com o povo judeu.

Compartilhe
Comente