Papricast 064 /// Suspense Espacial

No espaço, ninguém pode ouvir você gritar. A famosa frase de divulgação de Alien, o Oitavo Passageiro resume bem o que é um filme de suspense espacial. Com a evolução da ficção-científica, a adição do suspense e do terror era uma questão de tempo e hoje já pode ser considerado um gênero consolidado dentro do cinema. Como em qualquer tipo de filme, existem bons e maus exemplares e hoje vamos tentar relembrar alguns deles.

[DOWNLOAD]

Fale com a gente

Nos mande sugestões, críticas ou reclamações através do papricast@gmail.com, nos comentários do post, no Facebook ou então através de nosso twitter: @papricast

Duração do Programa

82 minutos

ASSINE NOSSO FEED!

Feed, RSS e iTunes: http://feeds.feedburner.com/Papricast Para assinar no iTunes, clique na aba Avançado, e Assinar Podcast. Cole o endereço e confirme. Assim você recebe automaticamente os novos episódios.

 

Compartilhe
Comente
  • http://gravatar.com/marcosvom MarcosVOM

    Esqueceram um, é meio novo, mas, é otimo, o Pandorum(2009) com Dennis Quaid,
    Ben Foster e Cam Gigandet, começa com cara de filme B, mas aguenta o filme fica FOD@!!!

  • https://www.facebook.com/franz.cantareli Franz Cantareli

    Alien forever

    • http://gravatar.com/marcosvom marcosvom

      Forever até encontra os aliens no mundo do cinema….
      Pfz

  • Pedro

    Vocês não comentaram o Europa Report http://www.imdb.com/title/tt2051879/

  • http://gravatar.com/julioc4p031r4 Julio Costa

    O “host de voz aveludada” foi certeiro em seu comentário, também acho Kubrick chato pra cacete. Marton! #tamojunto!

  • http://www.wecastapp.com Eduardo Baião

    Oi galera! Excelente este episódio como sempre. Combinação perfeita entre putaria e filosofia. 😀

    Gostaria de agradecer pelo apoio de vocês, que citaram meu aplicativo WeCast em diversos episódios. Valeu mesmo!

    Sobre o filme 2001, realmente não acredito na versão que diz que o bebê gigante seja uma sonda espacial. Curto mais achar que aquilo é uma metáfora a respeito de como o espaço é um domínio intransponível para o ser humano caso ele continue com a constituição biológica atual. As máquinas estão muito mais aptas a viajar pelos confins do Universo. O Homem teria então que renascer, num outra forma adequada ao ambiente inóspito espacial. Sem isso, as viagens intergaláticas não vão passar de ficção.

    Parabéns. Vocês são foda!

  • http://www.urso.tv/ Urso

    Genial… É isso que eu chamo de entender o assunto!

  • https://www.facebook.com/beatriz.saopedro Beatriz São Pedro

    Eu achei que não ia sair, ficava carregando e carregando a pagina no site ou Facebook. Acho que me tornei papricodependentesinto síndrome de abstinência quando atrasa. Porém valeu a pena o programa foi foda kkkk.
    Ainda tenho esperança de ser lida kkkkkkk
    Beijos meninos!!

  • https://www.facebook.com/jorgefellipe.duartesantos Jorge Fellipe Duarte Santos

    Eu ri muito com esse Papricast. Muito Bom Galera!

  • Renata Vargas

    Parabéns pelo trabalho gurizada, não dá mais pra passar a semana sem ouvir esse sotaque e sem “conversar” com vocês através dos podcasts!

  • http://twitter.com/Junior_W_K Waldir Krisanski (@Junior_W_K)

    Muito legal,continuem assim! =)

  • Junior

    Um dos, se nao o melhor inicio de papricats, 10 minutos de muita risada.

  • Iwan Ttobelieve

    Ao contrário do que o Leo sugeriu, exposto ao espaço, um ser humano não explodiria e nem congelaria!!!! Sem matéria rodeando o corpo, a perda de calor daria-se apenas por irradiação (muito menos ineficiente do que por condução térmica), então o corpo demoraria algumas horas para congelar. Estranhamente, o que aconteceria seria muito mais parecido com o que aconteceu no filme em questão do que o que o Leo disse: Seus olhos (e sua boca também) explodiriam, congelariam e ressecariam, tudo ao mesmo tempo (além de vários outros efeitos desagradáveis. Caso queiram saber quais, o tema foi abordado em um vídeo do VSauce: http://www.youtube.com/watch?v=lD08CuUi_Ek . Esse assunto específico começa depois dos 8 minutos e 50 segundo, mas recomendo ver o vídeo inteiro). Anyway, ótimo programa como sempre, de longe vocês fazem o Melhor Podcast do Rio Grande do Sul, melhor até do que outros produzidos no nosso vizinho Brasil também!

    • Alan

      Bacana, Iwan. É por aí mesmo… Você só se perdeu um pouco na semântica da frase “muito menos ineficiente do que por condução térmica”. Você quis dizer “muito menos eficiente”, ou ainda “muito mais ineficiente”. Consegue perceber que so jeito que originalmente colocaste não faz sentido pois fica controverso? Bem, só isso. O resto está perfeito. Tomara que a galera do Papricast leia o teu comentário (e talvez também o meu) no programa de sexta-feira.

      • Iwan Ttobelieve

        Fato! Eu tinha escrito como “mais ineficiente” e resolvi trocar para “menos eficiente” e acabei confundindo a frase. Obrigado pela correção Alan!

  • https://www.facebook.com/diego.lourenco.906 Diego Lourenço

    emanulle no espaço….cineband prive….foda,ou não né …kkkkkk