destaque_02

O Pop, o Cult, o Estranho e o Trash 002 /// Quem Quer Ser um Milionário?, Depois de Horas, Sobre Café e Cigarros e Dead Snow 2

Descubra como um EXÉRCITO DE ZUMBIS NAZISTAS, vindos de uma favela em mumbai, se tornaram milionários e tiveram a pior noite de suas vidas. Regada a café e cigarros!

O Pop

Quem Quer Ser um Milionário?

(Slumdog Millionaire)

Drama – Nota: 8.0

Diretor: Danny Boyle – Também conhecido por Trainspotting (1996)

Elenco: Dev Patel, Freida Pinto.

Sinopse:

Adolescente, nascido em uma favela de Mumbai, participa da versão indiana do programa de TV “Quem Quer Ser um Milonário?”. Ele buscará em fatos de sua vida as respostas para as perguntas que podem mudar a sua história.

Que tal?

Não foi de graça que Danny Boyle ganhou o Oscar de melhor diretor em 2009. O ritmo do filme é perfeito. A história de Jamal (Dev Patel) é pontuada pelas perguntas que ele deve responder durante o show que dá nome ao filme. Cada resposta, de alguma forma, está ligada a fatos que marcaram a sua vida.

A fotografia saturada e extremamente colorida, representa perfeitamente a “verdadeira Índia”, que aos olhos do protagonista, é violenta e suja. O longa possui uma forte carga da indústria cinematográfica Indiana (Bollywood), misturada com referências ocidentais. O resultado é um filme com estilo próprio, diferente do que estamos acostumados a ver chamando atenção em Hollywood. Vale lembrar que Quem Quer Ser um Milonário? levou nada menos do que 8 Oscars, incluindo melhor filme, roteiro adaptado, montagem e fotografia.

A edição com ritmo de vídeo clipe, principalmente nas passagens de tempo que mostram Jamal e Salim crescendo, funciona perfeitamente. Fica o destaque para a montagem (ao som de Paper Plans de M.I.A.) e uma das cenas mais bonitas do filme, onde os dois irmãos dormem de mãos dadas em cima de um trem em movimento. Além de todas as legalzices técnicas do filme, a história de Jamal, Salim e Latika (Freida Pinto) é muito emocionante. Eu tento, mas sempre acabo chorando feito uma garotinha no final do filme.

O Cult

Depois de Horas (1985)

(After Hours)

Comédia | Drama  – Nota: 7.5

OBS.: Infelizmente o trailer conta praticamente o filme todo e pode estragar algumas surpresas. Eu não veria…maaaas postei igual, caso você queria ver 😉

Diretor: Martin Scorsese – Se você chegou até aqui, provavelmente conhece alguma coisa do trabalho dele.

Elenco: Griffin Dune, Rosana Arquete, Linda Fiorentino.

Sinopse:

O filme conta a história da pior noite da vida de Paul Hackett, um cara comum que mora em Manhattan. O inferno começa quando ele concorda em encontrar uma garota que havia conhecido horas antes, em uma cafeteria.

Que tal?

Depois de Horas é um filme que se propõe a contar uma história “pequena” e consegue fazer isso no melhor estilo Scorsese (ou seja, absurdamente bem feito). A noite do pobre Paul Hackett (Griffin Dune) é tão infernal que chega a ter a estrutura clássica de um pesadelo. Algumas das piores partes se repetem e até mesmo traumas do passado voltam para perturbar. Tudo que ele quer é voltar para casa, mas uma série de acontecimentos bizarros insistem em piorar cara vez mais a sua situação. Lembra aqueles pesadelos em que você tenta correr, gritar, ou simplesmente sair de algum lugar, mas não consegue? Isso resume o filme.

Um dos méritos de Depois de Horas (ajudando a vender uma história em que tanta desgraça acontece em uma noite, com uma só pessoa) está no fato de o filme não transformar tudo em um inferno de uma hora para outra. A situação se perde gradualmente e sorrateiramente, até que Paul se vê em um ponto sem volta (ou com volta…vai ver o filme!!). De brinde, o longa ainda conta com uma participação especial de Cheech Marin e Tommy Chong. No filme eles não são exatamente Cheech e Chong, mas a referência fica clara o suficiente.

 

O Estranho

Sobre Café e Cigarros (2003)

(Coffee and Cigarettes)

Comédia  – Nota: 7.5

Diretor: Jim Jarmusch – também conhecido por Flores Partidas (2005) e Amantes Eternos (2013)

Elenco: Roberto Benigni, Steve Buscemi, Iggy Pop, Tom Waits, Cate Blanchett, Jack White, Meg White, Alfred Molina, Bill Murray e mais uma galera…

Sinopse:

Uma série de curtas com pessoas falando sobre a vida, o universo, cigarros e café!

Que tal?

Se Paris, Je T’aime; Nova York, I Love You e Rio, Eu te Amo falam sobre o amor por suas respectivas cidades, Sobre Café e Cigarros fala sobre o amor por uma das combinações mais famosas do mundo e, possivelmente, um dos maiores guilty pleasures da história (não precisa ser o seu…ok…mas certamente é de alguém que você conhece).

Algumas das conversas sobre trivialidades, conhecimentos gerais e até mesmo cultura pop, vão lembrar os clássicos diálogos que aprendemos a amar nos filmes do Tarantino. Outras, simplesmente vão te entediar absurdamente (acontece!!).

No saldo geral, a fotografia, o carisma dos atores e a conversa completamente nonsense que estão em alguns dos curtas, acabam tranformando Sobre Café e Cigarros em um filme bem interessante e com um certo charme underground. Vale destacar a conversa de bar que acontece entre os velhos loucos Iggy Pop e Tom Waits.

O Trash

Dead Snow 2: Red vs. Dead (2014)

(Dead Snow 2: Red vs. Dead)

Trash – Nota: 6.5

OBS.: O trailer estraga algumas surpresas do filme. Por favor, assista!

Diretor: Tommy Wirkola – Também conhecido por João e Maria: Caçadores de Bruxas (CREDO)

Elenco: Martin Star, Vegar Hoel

Sinopse:

Continuação direta de Dead Snow. Após precisar cortar seu próprio braço fora para fugir de um EXÉRCITO DE ZUMBIS NAZISTAS, Martin terá que reunir forças para tentar salvar uma pequena cidade de ser aniquilada pelo mesmo EXÉRCITO DE ZUMBIS NAZISTAS que matou todos os seus amigos e namorada no primeiro filme…que foi quando eles despertaram o EXÉRCITO DE ZUMBIS NAZISTAS.

Que tal?

Caso você não tenha visto o primeiro Dead Snow, não se preocupe, o filme começa com um previously.

Então, eu posso ficar aqui quebrando a cabeça para pensar em como explicar o quão legal é essa grande obra cinematográfica, mas tudo que você vai lembrar é que, para derrotar o EXÉRCITO DE ZUMBIS NAZISTAS, os heróis do filme vão precisar acordar um EXÉRCITO DE ZUMBIS RUSSOS (BUUUUUM!!!!!!). No final ainda rola uma batalha ““““““estilo”””””” Gangues de Nova York (2002). Bem legal! Aaaa…esqueci de falar, o filme é Norueguês…mas quem se importa né?

 

Compartilhe
Comente
  • Rômulo Mendes rei

    Me interessei muito por esse “Depois de horas” A história me parece ser bem interessante. Vocês sempre indicam filmes cults bom. 😀

  • Gabriel Magoga

    A tempos estou enrolando para ver o Sobre Café e Cigarros acho que o post serviu de incentivo vou ver!

  • http://nerddofuturo.com.br Cleberson

    Gostaria de sugerir um Trash, que eu curto pra caramba para o próximo post, A Casa dos Mil Corpos (House of 1000 Corpses). E talvez para o estranho, Encontros do Destino.

  • http://nerddofuturo.com.br Cleberson

    Essa nova sessão de vocês está demais, sempre com surpresas e boas recomendações.