post_papricast_102

Papricast 102 /// Nossa Vida de Esportista

Quem nunca sequer TENTOU praticar um esporte? Mesmo quem não tem a menor aptidão (ou vontade) já se rendeu ao desejo de ter uma vida saudável e tentou iniciar a prática de alguma modalidade esportiva. Sabe aquele desejo incontrolável de acordar cedo, pular da cama e sair pra malhar? Pois é… a gente também não. Então dê o play e junte-se a nós para conhecer algumas histórias de retumbantes fracassos desportivos nesse Papricast AO VIVO (só que gravado)!!!

[DOWNLOAD]

Vista a Camiseta!!!

Acesse nossa loja no Tanlup para comprar a camiseta Panda.

Lançamentos e Indicações de Filmes

Malévola (24 de setembro)
Muppets 2 (24 de setembro)
Godzilla (25 de setembro)

X-Men Dias de Um Futuro esquecido, para 10 de outubro!

Games

Chegou Destiny
PS3 – PS4 – Xbox 360 – Xbox One

Pré-venda de Fifa 15 para 10 de outubro
PS3 – PS4 – Xbox 360 – Xbox One – PC

Dica de Livro – O Rei de Amarelo

Duração do Programa

79 minutos

ASSINE NOSSO FEED!

Feed, RSS e iTunes: http://feeds.feedburner.com/Papricast Para assinar no iTunes, clique na aba Avançado, e Assinar Podcast. Cole o endereço e confirme. Assim você recebe automaticamente os novos episódios.

Compartilhe
Comente
  • Vinícius Simões

    PS: sou esportista, gosto muito de esportes! Jogava basquete, bato pelada duas vezes por semana e faz um pouco mais de dois anos que dedico grande parte do meu tempo livre aos treinos de MMA e lutas específicas complementares.
    O melhor do esporte é o prazer que nos trás e a qualidade de vida. Grande abraço

  • Vinícius Simões

    Escuto vocês desde de que o primeiro foram publicados pelo Sedentário então já faz um tempo. Eu pai de família, digo: – Nunca ri tanto durante um Podcast.
    Meu filho veio falar comigo e perguntar por que eu estava chorando e eu disse para ele que foi por culpa do DUDU!
    Recomendo sempre o podcast de vocês, pois me divirto muito. Mas este esta do demais!
    Um grande abraço e obrigado por isso!

  • http://nerddofuturo.com.br Cleberson

    O programa mais engraçado até agora, ficou bem fluido e nem deu para perceber que vocês se odeiam! Abraços.

  • Lucas Galvão

    Eu simplesmente parecia um RETARDADO dentro do Ônibus rindo freneticamente (da vida de vcs) das histórias contadas.
    A maior decepção é esse Marton que não vomitou na luta, zueira, hein?

    Ahhhh, a dica de livro foi sensacional. Após terminar a série True Detective eu me permiti escutar alguns outros podcast que comentavam sobre, e eles se referiam bastante a lenda do Rei de Amarelo, até que decidi comprar e ler. Ainda não acabei, admito (por isso ainda estou vivo e lúcido, ou não).
    Mas assim ó, que resenha bem ruim HAHAHAHAHAHAHAAH

    Para quem quiser conhecer, e não entendeu como funciona. São 8 contos, sendo os 3 primeiros com a mitologia mais ficcional, de uma realidade mais estranha, e as 3 últimas num mundo mais próximo ao nosso, de maior sutileza. Opa, péra, mas são 8! Sim, os dois do meio são contos de transição.

    Cada uma destas histórias tratam de contar de pessoas “normais” que tem contato com um livro (O Rei de Amarelo) que é uma peça teatral dividido em dois atos. E, nesse mundo em que se passam os contos, há uma certeza selada que todos aqueles que leram a peça inteira ficaram malucos, psicóticos, doidos, etc. Por isso, apesar da existência e até facilidade de adquirir o tal livro, ninguém o lê.

    Contudo, a sutileza do livro está em você nunca saber se o personagem principal já está vivendo nos efeitos de quem leu o livro, ou seja, se ele já está louco, ou se essa loucura é permanente daquele mundo em que ele vive, e de fato ele é apenas um cara que entende melhor o mundo. Essa sutileza é FODA.

    E confrontar isso com True Detective é mais foca ainda, pois a representação do livro está na FITA que os dois vêem no final. Eles entram no estado de loucura, mas aí volta para a descrição acima, será que eles estão loucos, ou melhor compreendidos no mundo que estão inseridos?

    True Detective, se bem visto, passa a ser uma reescritura d’O Rei de Amarelo, o que torna, portanto, o livro mais épico ainda.

    Espero ter ajudado com uma descrição melhor, e convencido todo mundo a ler.

    Ahhh, os contos são mega curtos. Dá pra ler um conto por cagada (unidade de medida).

    Um grande abraço a todos, e cuidem dos Pandas!

  • Vitor Medeiros

    Marton, ASSIM como Marton?. O eixo fazia ASSIM como? kkkkkkkk

  • Taylor Rocha

    Que programa sensacional!!!! Quero dizer que por favor avisem quando forem fazer outros papricasts ao vivo para que eu não ouça no trabalho. Sério, não tive como me controlar ao ouvir histórias como compra de materiais que nunca usamos(me incluo nessa quando comprei materiais para malhar em casa), as histórias de escolinhas de futebol(quem não tem neh?), o agarro ao Léo no banheiro mas principalmente quanto ao nosso novo heroi Dudu. Sorri que chorei no meu trabalho. Um colega disse que me viu sorrindo e disse que não acreditava que era só meu “prazer de trabalhar”. Claro que não e contei logo sobre o podcast. Acho que vocês ficaram mais soltos e isso foi sensacional para a diversão. Continuem nessa vibe que o Papricast terá tudo para crescer.

    Com relação a The Leftovers, assistam. Eu sei que não sou o mais recomendado para falar afinal gostei de Lost do início ao fim. Mas lembro que Lindelof deu uma entrevista antes da série estrear afirmando que eles não iriam explicar o porque do sumiço das pessoas e sim iria focar naqueles que ficaram e na sua vida pós acontecimento. E é assim que a série deve ser encarada. O pior episódio é o piloto. Depois a série entra numa crescente que fica impossível não gostar. O episódio sobre a Nora(o sexto se eu não me engano) e o penultimo(que mostra um flashback dos dias anteriores ao sumiço) são simplesmente sensacionais; Assistam que vocês não vão se arrepender.

    De resto apenas continuar parabenizando. que venham mais mil programas!!!

    PS; Dudu aprendeu de pequeno que não pode subestimar os paricasters e sair ileso.kkkkkk

  • http://mova.ppg.br Éctor

    Sou véio loco mesmo, vou ouvindo o podcast e vou comentando aqui.
    Só para corroborar com nosso “Roust”, o Rei de Amarelo é foda, e eu também fiquei impressionado em como os temas e histórias abordadas no livro serviram de inspiração para outras tantas obras posteriores, inclusive muitas destas enquadradas nesta tal cultura pop. E só para corrigir um pequeno lapso cometido por nosso grão-mestre, não tentaram encenar a peça aqui no Brasil, na verdade isto é uma história presente no conto ficcional “Rex Ex Machina” escrito por Carlos Orsi, onde um grupo de teatro amador tenta encenar a peça durante a ditadura militar brasileira. =D

  • Denilson Cosseres Ferreira

    O que dizer sobre um dos melhores programas já feito. Primeiramente agradecer vocês, pois me fez recordar dos tempos de ensino médio onde fui um desportista dos bons chegando a atuar em dois times juvenis, o de handebol como armador e o de vôlei como central. E me fez recordar de um infame apelido, onde eu era chamado de Super-Choque, isso mesmo, como eu possuo um cabelo cacheado e com bastante volume resolvi fazer um corte diferente na época, no qual era um tufo gigante de cabelo bem no topo e o resto raspado, assim parecendo o Super-Choque. E segundamente por um momento que ficará marcado para o resto da minha vida literalmente, pois no momento onde o Jaison contava a história do filhote de capiroto Dudu, eu estava no serviço trocando o touch quebrado de um tablet e eis que um pequeno pedaço de vidro resolve entrar embaixo da minha unha e ali ficar. E eu num misto de dor e riso que não sabia o que fazer, ou se ria da história do Dudu ou tentava retirar o pedaço de vidro ou se sentia dor. mas não foi nada de tão grave, que alguns pontos no dedo não resolvam. Abraços a todos.

  • http://mova.ppg.br Éctor

    Zuas de lado, recomendo a série. Como não assisti Lost, não sou atormentado pelo seu fantasma, então o mistério que a série possui não me aflige. Até porque eles não give a shit para o mistério, o foco está nos personagens e nos seus comportamentos, e não no acontecimento em si. Vale a pena =). (Bom eu espero que valha, pq como diria a menina do leite, está mto elpoLgante)

  • https://www.facebook.com/bpelissonmarques Bruno Pelisson Marques

    Nossa, me identifiquei sobre praticar esporte na juventude e depois dos 30, só que no meu caso é depois dos 25!!!
    Na minha adolescência, jogava/treinava basquete e pedalava bastante, depois que parei de fazer tudo isso e fiquei um bom tempo sem praticar nada e ganhar alguns quilos, voltei a praticar esportes, bicicleta, academia e por duas vezes tentei voltar a jogar basquete, na primeira rompi um ligamento do tornozelo e na última vez travei a coluna e descobri que tenho duas hérnias na coluna!
    É terrível isso, e tenho somente 28 anos, mas não desisto, voltei a ir na academia semana passada depois de quase 3 meses sem fazer nada por causa das hérnias, agora torcer para não machucar mais nada!
    Abraços

  • http://mova.ppg.br Éctor

    Fora a parte que o cara morre no final, a série é mto boa.

  • Izidro Correia

    Obrigado por mais um excelente Papricast, no estilo véio louco sem coleira. Que sempre nos presenteia com pérolas: “Por isso que o cara te abraçou, tu ia para o banho para passar hidratante” SANTOS,, Marton.
    E sim, recomendo muito The Leftovers, não é uma série fácil, o nome do Lindelof assusta, mas os episódios vieram numa crescente incrível, cheios de tensão, diálogos pesados e uma ótima trilha sonora. Não é uma série de mistério, é uma série de como a sociedade lida com a “morte” e a perda da fé, sem enlouquecer!

  • Raquel Contini

    Parabéns…ótimo programa ri muito sozinha no escritório…vivo prometendo que vou entrar em uma academia,pois a minha disposição é a mesma de um bicho-preguiça. E a unica modalidade de esporte que pratico atualmente é a famosa “corrida até o ponto de ônibus” ou ainda a “corrida antes que o banco feche”..rsrs
    Vocês são demais, a toda semana elevando mais e mais a qualidade do programa.
    Vcs merecem tudo de bom desta vida, dinheiro, jogos, tequilas…e sabem o resto néh rsrsrs

  • João Marcos

    Tive que comprar a porra do Rei de Amarelo, não sabia q era real isso! Caramba, e a descrição de vcs, foda!

  • FERNANDO

    VC´s deviam fazer um papricast da carreira do Jim Carrey, seria épico.

  • Karla Riet

    Adorei a dica de livro… Comprei pelo link.. ta bem barato na saraiva!! bjo bjo

  • Roberta Quirino

    Caras… O podcast foi sensacional! A cada tempo que passava, a ação da cerveja e da tequila se fez presente… Hahaha
    Sobre “The Leftovers”, assistam! Realmente os 3 primeiros episódios são difíceis, eu mesma abandonei depois deles. No entanto, tantos amigos me disseram que a série estava excelente que voltei a assistir e pude comprovar que ela manteve o padrão HBO de qualidade. Do quarto episódio em diante, a série ganha um ritmo próprio, o roteiro entra nos eixos e nos afeiçoamos aos personagens e à história. Claro que ter o nome Damon Lindelof nos créditos dá um certo receio – eu mesma tive – mas como a série é baseada no livro homônimo de Tom Perrotta, que também é responsável pelos roteiros e por não deixar Lindelof viajar tanto e não responder nada, acho que “The Leftovers” vai se consolidar como uma grande série! Deem uma chance e assistam, acho que vocês vão se amarrar!!! E estou na vontade de ler o livro, que já é o próximo da minha lista, de tão empolgada que fiquei com a série. Mais uma vez a HBO nos apresentou um show SENSACIONAL!

  • Adriana C. Rodrigues

    Oi piazada querida, ri pra caramba com vcs hj. Não tive muitas experiências com esportes pq me pelava de medo de me machucar e de preguiça também, joguei um pouco de futsal na escola, mas era uma vergonha. Grande abraço pra vcs e que venham mais programas “ao vivo”.

  • Rose

    Eu já baixei e vou escutar. Mas vou escutar acreditando que vocês deixaram de falar palavrões. Sempre diminuindo a tal ponto que um dia eu possa mostrar o programa inteiro para a minha família pq não vai ter nenhum palavrão. Torço para e por vocês. Continuem a simpatia de vocês e melhorando sempre! Vou la escutar!

    • http://www.papricast.com.br Leonardo Santos

      Oi Rose! Talvez esse não seja um bom programa para você. Vamos tentar falar menos palavrões no próximo! Obrigado pelo voto de confiança!

  • http://Geekvox.com.br Leonardo Oliveira

    The Leftovers:
    Eu indico.
    A série trata muito mais sobre a perda e o impacto dela na vida dos personagens. Exploram muito mais sobre o grupo RC. Não tem explicações sobre o acontecimento mas trata muito bem o desenvolvimento das pessoas.
    Um episódio inteiro flashback também foi bem interessante.
    Não esperem ação, grandes reviravoltas e um ritmo rápido. Porém as atuações, o roteiro e o drama dos personagens estão ótimos.
    Quem já sofreu com luto provavelmente vai gostar de alguns sentimentos e sensações transmitidos em certas cenas. :)

  • Waldir Krisanski (@Junior_W_K)

    Esse foi um dos mais engraçados de todos,parabéns!!!muito bom =)

  • http://esttorias.blogspot.com Guilherme Krug

    CARALHOOO MUITAS RECORDAÇÕES VIERAM NA CABEÇA, e olha que eu nem acabei de ouvir.
    Um história minha de futsal (ou futebol de salão, que eu joguei quase a vida toda), foi durante o ensino fundamental, participei de todos os campeonatos interescolas, até o dia que me neguei a jogar contra o time que levava todos os títulos e foi expulso (no outro dia), e não poderia mais participar do time. E essa também foi a única vez que eu fui chamado para a sala da Diretora.

    Parabéns pelo trabalho de vocês muito foda.:

  • Gabriel Magoga

    “Bonito ia ser arrebentar…” Santos, Marton.

  • Waldir Krisanski Junior

    muito massa,bora ouvir!!!!

  • Wallace

    Muito legal o papricast 102. Cada dia q passa estão melhores. Parabéns

  • Rogério Rocha

    hehehe! chegou bem na hora que ia dormir 😀