post_papricast_111

Papricast 111 /// Girl Power!

Quem não gosta de uma garota durona? E não precisa ser trabalhada no whey protein, pode ser durona na atitude mesmo. Personagens femininas fortes tem dominado grandes produções e, segundo estudos, dão mais retorno financeiro do que os marmanjos. Porque então não relembrar algumas dessas grandes mulheres do cinema? Dê o play, balança esse cabelo e bola pra frente!


[DOWNLOAD]

Lançamento – Camisetas “You Talkin’ to Me?”

Acesse nossa loja no Tanlup para comprar as nossas camisetas 

Duração do Programa

60 minutos

ASSINE NOSSO FEED!

Feed, RSS e iTunes: http://feeds.feedburner.com/Papricast Para assinar no iTunes, clique na aba Avançado, e Assinar Podcast. Cole o endereço e confirme. Assim você recebe automaticamente os novos episódios.

Compartilhe
Comente
  • Fernando

    A intenção do episódio foi boa, mas o resultado… A discussão dos caras sobre as personagens obteve mais êxito em identificar quais eram as gostosas, com quais fantasiavam… Big fail.

  • jonas

    só eu q notei, ou ta atrasado mesmo os podcasts? o leo apanho de traveco de novo?

  • Sid

    Pessoal do papricast, vocês são muito FODAS. Podcast perfeito, e tudo muito bom. E não, o programa não é nem um pouco machista.

    Eu já ouvi o Rapaduracast, o 99 vidas, o matando robô gigante, o nerdcast (esse até que é legal, mas o papricast é melhor).E realmente ninguém faz podcasts como vocês fazem. Não sei o que vocês tem. Vocês são muito contagiantes.

  • Igor Dantas

    Olá boa tarde papriqueiros tudo bom?
    Como consigo o contato de vocês pra lhe mandar uma singela lembrança do programa de vocês, que eu fiz, montando a arte de vocês em uma caneca, se possivel contato para envio de foto seria bacana. Obrigado e continuem com o ótimo trabalho que me faz acompanhar e me sentir participativo de suas iniciativas e até opiniões. um abraço e sucesso! fui que fui =*

    • Elton Bandeira

      Grande Igor! desculpa a demora cara, manda um e-mail ai pro papricast@gmail.com que te mandamos o endereço do nosso predio corporativo sede Porto Alegre hehehehe abração!

  • Bené

    O arquivo esta com o nome de Paparicast_111.mp3 ! rs

  • Kaoru

    Alguém poderia me dizer o nome da música que começa a tocar aos 13 min e 55 segundos?

  • Danielle

    Como vocês são machistas, estou muito decepcionada sério.

  • Felipe

    O preconceito começa quando o Marton diz que o papricast vai ser sobre animais no cinema e fala sobre mulheres no cinema…
    Eu percebi essa maldade heim Sr. Marton Santos. haha

  • Isabella

    Pena que o tema deu uma desandada no final, mas foi muito divertido, adoro quando tem Papricast old school!

    Uma personagem que veio na minha cabeça e vocês acabaram não citando foi a Lisa Simpson!!
    😀

  • PS: tenta convidar uma mulher para um próximo, seria legal, talvez a namorada/ noiva de algum de vocês ou alguma outra podcaster ou blogueira da web \o\

  • Muito bom o programa, só uma coisa, o teste de Bechdel não define se o final é machista ou não, é só um mecanismo usado para mostrar como as indústrias de entretenimento dão/ davam pouca importância para as mulheres como pessoas, mas um filme que passa no teste ainda pode ser machista assim como um filme que não passa pode não ser, o fato de uma mulher conversar com outra sobre algo que não seja homem não o torno mais ou menos machista, é só uma peculiaridade para mostrar como a indústria cultural como um todo não sabe retratar bem as mulheres, felizmente isso tem mudado nos últimos tempos com essa onda Girl Power :)

  • http://www.dimensaonerd.com Edson Oliveira

    A constar: Cameron Diaz (ou a dublê, tanto faz) usa calcinha em O Máskara. Durante a dança, Jim Carrey gira a moçoila sobre a cabeça, e o vestidinho vai parar nas costelas.

  • Juliana Rocha

    É. Vcs foram bem intencionados kkkkkkkkkk Realmente vcs citaram uns bons exemplos de Girl Power. Mas, faltaram muitas. Foi bom pq eu fiz algumas reflexões Por exemplo, as mulheres dos filmes de Cameron Crowe, elas são meio surreais. E elas tão lá muito pelo cara, no caso os protagonistas masculinos dos filmes de Crowe. Tipo, a Penny de Quase Famosos, a gente nem sabe quem é ela direito, e ela tá lá pelo Russel que é o guitarrista do Stillwater e como idealização do William. A menina do Elizabethtown também, o personagem dela existe pra tirar o cara da fossa. Ela é aeromoça e tem ótimo gosto musical, e o que mais tu sabe dela? A Dorothy de Jerry Maguire também tá lá pra ficar do lado do cara quando ele tá na merda. Detalhe, ela é mãe solteira e largou o emprego pra ir atrás de um cara que mau trocou duas palavras com ela antes de ser despedido. Eu acho que a personagem mais livre dessa ligação com o protagonista masculino em um filme do Crowe é a personagem de Scarlett Johansson, a tratadora do zoo no filme Compramos um Zoológico, por que ela adora o trabalho dela e ela tá lá pelo Zoológico. Nesse filme os dois tão meio que na merda pq o zoo, que ela ama, tá falindo e o cara, o personagem de Matt Damon, tá na merda pq perdeu a esposa, tem que criar os filhos sozinho e resolveu do nada comprar o Zoológico. Então, os dois meio que se ajudam. Uma segunda reflexão foi que existem muitos filmes, indiscutivelmente Girl Power, que são baseados em mulheres reais. Tipo, Erin Brockovich, Frida, Piaf, Zuzu Angel, Coco Chanel e a própria Philomena. Enfim, a prova de que a vida real tá cheia de mulheres poderosas e de atitude.
    Beijos meninos! 😉

    • Juliana Rocha

      PS. Mais uma personagem da vida real retratada no cinema como uma mulher cheia de atitude é a personagem da Sandra Bullock em Um sonho possível. Simmmm…. Outra que eu queria citar e esqueci, essa é da ficção. Cara, a Claire de House of Cards! Aquela mulher é do mal, mas é foda demais!!!!!

    • Adriana C.Rodrigues

      isso aí Juliana.

  • Diego Ferreira

    Decepcionado pelo cast não ser sobre animais atores, como foi postado pelo Marton no Grupo do facebook, me senti usado kkkkk

  • Edu Xavier

    Quem quiser ver a ruiva de Mad Men mais novinha, procure um episódio do seriado “Firefly” chamado “Our Mrs Reynolds” (acho que é o ep. 6)

  • http://pequenaschall.com.br Prix Schall

    É gente, o que vale é a intenção né? 😡 hahahaha!
    Vocês começaram bem, mas depois a coisa desandou um pouco quando o assunto “aparência física das moças” tomou conta da pauta.
    Mas a trilha sonora ta sensacional! No aguardo de uma mixtape com essas músicas xD

    E sobre o teste de bechdel, vocês já devem saber, mas tem um programa do Braincast que explica a coisa de um jeito muito claro e também discute o movimento feminista: http://www.brainstorm9.com.br/52144/braincast9/braincast-129-teste-de-bechdel-e-o-papel-feminino-na-ficcao/
    Mas na real o teste não mede se a temática de um filme é machista ou feminista, o que ele tenta medir é o tamanho do universo feminino em relação ao masculino, e se o primeiro existe por si só ou só orbita o segundo. É bem interessante se aprofundar no assunto /o/

    Beajs, seus lindos!

    • http://pequenaschall.com.br Prix Schall

      Tava pensando aqui agora…
      Ou a proposta era falar de moças bonitas E badass e eu que não peguei o espírito? Enfim… ^^’

  • Nivea

    Guris o cavalo do Atreyu é o Artax… Como eu chorava qndo aquele bicho morria…
    Sobre a M, não quero dar spoiler mas acho q vcs se esqueceram de um fato importante que acontece no final de Skyfall.
    Já a Katniss teve uma pequena mudança em comparação com os livros… No livro ela tem sim algum sentimento pelos carinhas mas ela não qr se envolver… Ela não se imagina tendo um relacionamento naquele mundo de merda e correr o risco de ter filhos um dia e eles irem parar nos jogos.
    Acho q a Phoebe de Friends merece uma menção honrosa pelo fato de RER crescido na merda, pai abandonou, mãe se matou, irmã gêmea do mal, morar na rua (lembram quando eles descobrem q ela assaltou o Ross na infância!?! ) e mesmo assim manteve a positividade. Ficou meio louca mas mesmo assim… Rsrsrs

    Excelente episodio Guris

    Abraços!

  • Vivian Kahl

    Obrigada Jaison Mafra. Acabou com a minha infância. Eu tinha o disco da Xuxa e o pôster dela na banheira coberta com flores ficava na parede do meu quarto.

  • Edivaldo F. Alves

    Ah sim.. meu primeiro amor platônico da tv foi a Simony da época do balão mágico! Aliás eu detestava o Jairzinho pq achava q ele tava pegando a minha mina! E a primeira musa sexual (tb conhecida como motivo das primeiras punhetas) foi a Claudia Raia, da época de Roque Santeiro e Rainha da Sucata! E já q o Host citou, o primeiro contato com mulher pelada (na playboy) foi a Elba Ramalho. Aliás… uma boa história com essa playboy foi q eu li (sério) a revista inteira, reportagens, entrevistas, matérias e tals. Não esqueço q na seção de cartas, tinha um cara q perguntava se havia problemas em escovar os dentes antes de fazer sexo oral, e eu no alto da minha sabedoria dos 13 anos disse ” q burro!!! Qual o problema de escovar os dentes para FALAR de sexo??!!”. É… qta inocência! Guardei essa playboy por mto tempo! Bons tempos em q ver uma playboy era uma gde aventura… Abços!

    • Nivea

      Desculpa Edivaldo mas pqp crescer nos anos 80 foi difícil hein… Claudia Raia… Elba Ramalho…
      Pqp

      • Edivaldo F. Alves

        Olha, a Playboy eu não pirava pela Elba, mas pq era uma revista com mulher pelada! O Marton ilustrou mto bem num papricast passado isso qdo disse q ver mulher pelada nessas épocas era mesma coisa q conseguir maconha, filmes pornô eram uma aventura underground para conseguir, não igual hj q em 2 segundos vc tem o mundo da putaria na sua tela! Então não pera pela mulher da capa e sim pelo troféu em si. Já a Claudia Raia, eu acho ela um mulherão até hj, corpaço e td mais! Talvez o maior problema dos anos 80 fossem os penteados, mas o corpo dela é até hj mto bonito, ao menos claro, na minha opinião. Uma foto da época, quero ver o guri q não pirava ao ver isso. http://www.trash80s.com.br/wp-content/uploads/2008/06/claudia_raia_1984.jpg

  • Edivaldo F. Alves

    Agora q já dei meu chilique de fanboy! Vamos a algumas observações ou contribuições se assim preferirem! Como foi citada a mãe do Forrest, de imediato me veio a mente a mãe do Ray no filme Ray Charles e como ela lida e faz o filho lidar com a cegueira, acho uma das partes mais importantes do filme e provavelmente a causa do sucesso do filho… ele nunca se aceitar como vítima e superar os obstáculos, se era ruim ser mulher no início do século passado, sendo negra, sozinha com dois filhos – depois um só q ficou cego e ainda no sul dos EUA, ela era forte pra caralho! Agora, duas q acho q são fodas são as de TWD Michonne e sua espada samurai! E a Carol q de mulher submissa ao marido abusivo se tornou uma guerreira absurda! Essas, no momento, são as q vem a minha cabeça! Vlw Abços!

    • Edivaldo F. Alves

      Outra q era foda na tv, nas novelas especificamente – só os mais velhos vão lembrar – era a “Viúva Porcina” q fazia os homens de gato e sapato! Aliás, a Regina Duarte, tb conhecida como clone do Ozzy Osbourne (vide foto no link http://www.atoananet.com.br/links/2014/02/19/regina-duarte-ou-ozzy-osbourne.jpg ) fez outra mulher mto poderosa q era a “Rainha da sucata” q eu não lembro o nome da personagem, mas era uma mulher poderosa e q não levava bucha de ninguém!

  • Tati Salomão

    Oooi :) vou tentar comentar enquanto tô ouvindo a caminho do trabalho. Primeiro, que tema legal! Tem muita mulher fodona por aí. E eu tb tive meu primeiro amor da TV. Na verdade, dois amores: o Shiryu e o Aiolia. Eu era apaixonadinha por eles. E tb queria conhecer os cavaleiros do zodíaco, chegava a imaginar que eu brincava com eles e que era irmã do Seya kkkkkkk agora, vou ligar pro meu terapeuta rsrs Bjs

    • Isabella

      Eu também era super apaixonada pelo Shiryu!
      hahaha!

  • Edivaldo F. Alves

    Legal….. apesar de ter q confessar a minha frustração por praticamente ignorarem a minha personagem favorita! Grato ao Jaison pela lembrança da Lisbeth Salander, a mulher mais foda de todas essas q foram citadas e q ao invés de falarem sobre sua forte personalidade, foi trocada por sovacos peludos e atriz pornô. Mesmo sendo um admirador do trabalho e da beleza da Sasha Grey, ainda sim iria gostar de ouvir mais sobre a L. Salander! Má.. ta né? Valeu o cast!

  • Waldir Krisanski Junior

    até que enfim,que zueiro o sr. Marton,nos passou o tema erradorssrr!bora ouvir!!!

  • miguell

    aaaaaaaaaeeeeeeeeee

  • Luciano T l

    Rest in peace Zé…

  • Marcial Jr.

    Consegui ser primeiro?

    • Adriana C.Rodrigues

      você foi o primeiro depois de mim e do Lucas kkkkkk

      • Marcial Jr.

        So nao fui pq net ta lenta kkkk

        64% baixado. O ansiedade

  • Lucas Freire

    Não tem indicações essa semana?

  • Adriana C.Rodrigues

    até que enfim… já tava passando mal aqui, vamos ver se me convencem …

    • Adriana C.Rodrigues

      após ouvir, considerações. Eu tinha um amorzinho infantil pelo Atreyu. Valew Elton, sim, mulheres fodas também se apaixonam, só que ao contrário das outras (em geral) não vira refém disso. Achei que vocês iam falar mais de Jogos Vorazes, até hoje não consegui me interessar por essa saga.
      Na média vai passar tá, se perderam um pouco nos atributos físicos mas quem já conhece as figuras também não vai ficar surpreso com isso.
      Abraços piazada, até sexta.