jornalismo

Manifesto Editorial

Ou "Quem Somos", "O Que Queremos" e "Para Onde Vamos"


O Páprica já passou por diversas fases. Fases em que focamos em hardnews. Fases em que privilegiamos o conteúdo opinativo. Fases em que nem mesmo nos chamamos de Páprica. Mas uma coisa permeou todos esses momentos: a inquietação com a maneira de produzir conteúdo na internet.

Nesses 6 anos de existência vimos sites de notícias sobre cultura pop aparecerem e sumirem. Vimos gente muito grande minguar por ingerência, morosidade nas mudanças ou simples soberba. Vimos a informação se polarizar em dois ou três canais que reproduzem notícias de parceiros, analisam com superficialidade e andam com receio de se envolver nas questões que estão mudando a sociedade.

Há mais ou menos seis meses resolvemos que era hora de repensar o caminho que estávamos trilhando. Não queríamos ser apenas uma casa pro nosso podcast. Também não queríamos usar nosso pouco tempo publicando apenas notícias, sem poder contar com o poderio de uma redação repleta de jornalistas. Queremos ir além no nosso conteúdo e oferecer reflexão, opinião e profundidade em assuntos relevantes que façam sentido para nossa editoria de entretenimento. Mas sem perder a urgência que nosso mundo demanda.

rainha

 

 

A homepage está morta. Longa vida à homepage.

 

As redes sociais mataram a homepage. Há mais de 3 anos os sites deixaram de ter seu número principal de acessos vindos a partir da página inicial. Os leitores chegam por indicação de amigos, colegas de trabalho, família. Vão direto ao conteúdo que os interessa e deixam a página logo que se satisfazem. O Google Reader, os favoritos, listagem de leitura… coisas do passado. A timeline das redes sociais determina o que é relevante. O algoritmo do Facebook decide os assuntos pelos quais você mais se interessa e os entrega na sua infinita barra de rolagem. A notícia do ator escalado para o novo filme daquele diretor que você gosta está ali: entre as fotos postadas pela sua mãe e aquelas férias em Nova York do seu chefe.

É a hora e a vez da timeline. Sem algoritmo, mas com critérios.

A partir de 2016, o Páprica passa a ser um misto de produtores de conteúdo apaixonados pelo que fazem. Uma curadoria de notícias especializadas sobre cinema, séries, quadrinhos, games e música. O lugar que você visita pra saber o que anda acontecendo no mundo do entretenimento. Sem perigo de spoiler. Sem informação regurgitada. Sem truque. Sem letras miúdas. Vamos divulgar conteúdo de qualidade, dar visibilidade para quem faz um bom trabalho e criar um círculo virtuoso de bons relacionamentos. Quem acessa o Páprica todos os dias ganha a maior redação do Brasil, espalhada pelos quatro cantos do país e repleta de diversidade. Quem produz conteúdo ganha mais uma vitrine para o seu trabalho.

E, é claro, nesse mix de cores e sabores não pode faltar o nosso tempero. O paprica.org continua sendo a casa dos nossos textos, dos nossos conteúdos multimídia, de nossas críticas de cinema e de muitas coisas novas que estamos preparando. Repaginamos todo o visual do site para proporcionar uma experiência de leitura agradável, baseada em diversas iniciativas de sites que trabalham com leitura longform, mas sem deixar de lado a publicação de conteúdo de rápido consumo. Acreditamos que conteúdo também deve prezar pela forma, nesse caso uma leve, bonita e confortável.

Agora chega de enrolação. É hora de mostrar na prática como esse discurso lindo vai funcionar.

A nossa nova homepage, como você já deve ter visto, possui 13 slots de destaque. Esses espaços serão atualizados regularmente com as notícias, informações e crônicas mais relevantes do dia. Posts de alto impacto e relevância poderão permanecer mais alguns dias com esse destaque extra.

site_paprica_01

Logo abaixo temos uma lista dinâmica, com todos os feeds de parceiros. O site adiciona automaticamente os links postados nos sites parceiros, transformando a nova homepage do Páprica em um feed dinâmico de notícias sobre entretenimento. A medida em que as notícias vão sendo cadastradas, nossa equipe trabalha na curadoria desses links, levando os mais relevantes para os destaques principais e removendo notícias duplicadas do feed, tudo para proporcionar uma experiência melhor de navegação.

Assim que clica em uma notícia de um site parceiro, o visitante é direcionado para lá em uma nova janela. Assim o dono do post ganha o pageview em seu site e o leitor tem a opção de continuar a navegação no Páprica, buscando mais notícias. Nossa curadoria de parceiros vai garantir sites livres de malware e também aqueles repletos de banners e pop-ups que dificultam a leitura. Queremos nessa iniciativa pessoas que produzam conteúdo com paixão e profissionalismo, e que ainda não estejam vinculadas a nenhum grande portal.

Acreditamos que é possível ter um conteúdo profissional longe das grandes redações, dos grandes grupos e das grandes pressões feitas por anunciantes. Conteúdo dinâmico e diversificado, criado por gente que acredita na internet e na cultura colaborativa. Tem um site de notícias? Ou uma grande história para publicar? Um texto que merece ser lido por uma grande audiência? Mande um email para papricast@gmail.com. Queremos conversar com você.

Equipe Páprica