MODELO_POST_PAPRICAST(10)

Papricast 143 /// Mad Men

Felicidade.

Você sabe o que é a felicidade?

Felicidade é o cheiro de carro novo.

É se libertar do medo.

É um anúncio na beira da estrada lhe dando certeza que, seja o que estiver fazendo, está tudo bem…

Você está bem.

A frase acima, dita por Don Draper na primeira temporada de Mad Men é a prova de que essa série é muito mais do que um show sobre publicidade. Analisando o mundo sobre a ótica dos publicitários na década de 60, o showrunner Matthew Wiener conseguiu criar uma das mais representativas histórias contadas na TV nos últimos tempos. Seja através da ascensão das mulheres no ambiente corporativo, seja através do preconceito contra a população negra e suas conquistas sociais, seja através do adultério, mentiras e jogos de poder, Mad Men mostrou que um texto afiado e boas atuações podem transformar uma série sem grandes tramas mirabolantes em algo que é muito maior do que sua embalagem nos vende.

Nesse programa dividimos a conversa em duas partes. A primeira contém apenas pequenos spoilers e apresenta a trama e os personagens. A segunda contém revelações importantes para discutir alguns dos temas relevantes que a série levantou ao longo das 7 temporadas. A dica é: ainda não assistiu Mad Men? Ouça a primeira parte, assista, e depois volte para ouvir a segunda parte. Acompanhou a série até o final? Toca ficha, pois as melhores coisas da vida são de graça!


[DOWNLOAD]


[DOWNLOAD]

Ficha Técnica: Nesse programa Marton Santos e Leonardo Santos tentam salvar a Sterling & Cooper por 120 minutos.

Patreon Papricast

CLIQUE AQUI E SE ASSOCIE AO PAPRICAST

Camisetas Papricast

Acesse nossa loja no Tanlup para comprar as nossas camisetas 

ASSINE NOSSO FEED!

Feed, RSS e iTunes: http://feeds.feedburner.com/Papricast Para assinar no iTunes, clique na aba Avançado, e Assinar Podcast. Cole o endereço e confirme. Assim você recebe automaticamente os novos episódios.

Compartilhe
Comente
  • favettagiovanna

    Gente pelamor dos deuso comecem a colocar a trilha sonora de vocês no post! Eu queria todas as músicas desse podcast *0* achei a maioria, mas foi difícil rsrs

  • joe reis

    Caraca, não acredito que ninguém comentou aqui, então vou aproveitar e usar todo espaço.
    Eu voltei, faz alguns minutos que acabei de ver Mad Men e confesso que tive um preconceito, não era muito fã de dramas que se passam no passado, porém, estou na lama, desempregado, me divorciando, com uma filha adolescente que me odeia, então, enquanto não tinha uma chance, resolvi dar uma chance para Mad Men, e não me arrependo.
    Gostei muito da série, concordo com quase tudo que vocês falaram. Realmente a área da publicidade me parece bem interessante, apesar de ser meio podre, afinal, o que eles querem? Puro e simplesmente, vender.
    Essa série levanta questões foda, como por exemplo do racismo, feminismo, guerra e etc. Gosto muito também deles mostrarem os fatos históricos acontecendo no decorrer do tempo, como a morte do Nixon, inclusive, achei a ideia que aparece nesse período de que toda mulher é Jaqueline Kennedy ou Marilyn Monroe, espetacular.
    Alguns pitacos sobre o podcast:
    – A diferença do Don e o Chaough é que o Don é o gênio, o Ted é o famoso “função” (para entender, ouça o rap “sou função”)
    – Eu também tive fé que daria tudo certo na apresentação do Hersheys, doce ilusão. Mas sabemos que nesse mundo de escritórios, a verdade nem sempre é bem vista.
    – A Anna, esposa do verdadeiro Don tinha uma relação singela com o Dick, ela era seu porto seguro, estava sempre ali, sem julga-lo. Todos precisamos de alguem assim, poucos temos.

    – Apesar de ter sido um cara legal, nunca gostei do segundo marido da Betty, talvez porque seja um político, porém, ao saber da noticia sobre a Betty, ele foi legal.
    – No fim Don voltava para o que realmente lhe dava prazer, mexer em carros, andar por ae… Na vida fazemos escolhas que nem sempre são claras e as vezes, fazem falta.

    – Existe sim o contrato de exclusividade no futebol, mas normalmente, se negocia com grana.Há casos de jogador ficar um tempão sem poder jogar.

    As mulheres da série e o visual setentista são incríveis, Joan é a mulher mais linda de toda série, não só pelos atributos físicos, mas ela andando pelos corredores é hipnótico.
    A despedida do Don com a Peggy foi singela, foi realmente como um pai dando adeus a filha. Apesar de terem algum atrito no decorrer da série, eles sabiam o quanto se gostavam.
    A princesa “Disney” da série não teve um final feliz, mas Betty (que esta em Last Man of Earth) foi também uma bela representação da mulher, dona de casa, que tenta avançar. Quando Don liga para ela, e eles choram, meus olhos suaram, arduamente.

    Meus 2 momentos preferidos são, a cena musical do Cooper pós morte e aquela do Don sendo padrinho de casamento de desconhecidos, na praia.

    PS. Agradeço a série por, depois de 12 anos, voltar a fumar e beber cada dia mais. Valeu Dick.
    Ps2: Sera que um dia farão algo parecido com Sons of Anarchy????

  • Rafaella

    Queridos!
    Comecei a assistir mad men por causa de vocês!
    MUITO OBRIGADA!

    Viciei minha mãe também e ela deixou de ver novela. \õ/

  • jones

    Por causa deste episódio, vocês se tornaram o meu podcast número 1.

  • http://@fabforte Fabiano

    Parabéns: ouvi a primeira parte e fiquei com vontade de ver o seriado! Hehe! Depois, eu volto para ouvir a segunda parte!

  • Brenda

    Cara, assistam Boardwalk Empire sim. Vale bastante a pena :)

  • Adriana C.Rodrigues

    Eu vi uns minutos de um episódio outro dia e gostei bastante do texto, me convenceram, vai entrar pra lista

  • Rafael M.

    Volta Papricast News !!!

  • Jemerson

    aaaaaaaaaaaaaa garotadaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa cade os sumidos???? se for bom vou começar a assistir!!!!

  • M.angelo

    Felicidade é podcast duplo saindo do forno!!!! Vocês são dukrai! =)

  • Leandro Gouvêa

    Mel Dels, que coisa linda *___*

  • Giovane Kauer

    Lindo isso!!!!
    2 horas de programa!!!!!
    Iniciando em 3…2..