Papricast 038 /// Quando o PC chegou lá em casa

Quando o computador pessoal começou a invadir as residências brasileiras, no final da década de 1980, trouxe com ele uma leva de jogos incríveis e que marcaram época para quem cresceu nessa época. No Papricast de hoje falamos um pouco da evolução dos games para PC e, com um desvio incrível de pauta, também de pornografia e causos do início da internet no Brasil. Conecte seu modem de 14.400 kbs e dê o play.


[DOWNLOAD]

Comentado no Programa

Metal Gear no MSX
Weird Dreams, o jogo mais perturbador da história
Test Drive
Phantasmagoria
The Seventh Guest
Rebel Assault
Mãe, ejaculei no meu Dreamcast – Relato Completo

Fale com a gente

Nos mande sugestões, críticas ou reclamações através do papricast@gmail.com, nos comentários do post, no Facebook ou então através de nosso twitter: @papricast_org.

Duração do Programa

56 minutos

ASSINE NOSSO FEED!

Feed, RSS e iTunes: http://feeds.feedburner.com/Papricast Para assinar no iTunes, clique na aba Avançado, e Assinar Podcast. Cole o endereço e confirme. Assim você recebe automaticamente os novos episódios.

Compartilhe
Comente
  • Augusto Cezar Lima Queiroz

    Parabéns pelo “cast”. Gostei muito do programa. Só uma pergunta: o episódio era sobre computadores ou sobre “games”?…

  • Clarissa Bandeira

    Adorei o clima de nostalgia desse programa! Lembrei mto da chegada do primeiro computador lá em casa, em 1995, que compramos na Zona Franca de Manaus (morava em Porto Velho, Rondônia nesta época). Lembro do joguinho “The Cientist”, que eu copiei em uns 4 disquetes pra poder jogar. Além das revistas CD-ROM, que tinham vários games, uns idiotinhas, mas que com os meus 10 anos, pareciam maravilhosos hehehe.

  • http://www.facebook.com/Cristianoxr.valentim Cristiano Valentim

    Putz, acabei de conhecer o papricast!! Muito louco, já virei fã. Relembrei de várias coisas, rí muito! Mesmo q o meu primeiro jogo de pc foi o FEAR. Mas um vizinho tinha o MSX jogavamos Goonies o tempo de espera para carregar a k7 era enorme mas valia a pena, ICQ (cucô!), chat do Zaz q eu e um monte de madrugadores ficavamos até as 5 da matina conversando, teclando besterias, conhecí até uma garota de Tubarão aí do Sul, gente bonissima, alias fiz muitas amizades no chat do zaz…Meu primeiro pc foi um AMD K62 333mhz em 1998 ou 97, qdo entrei na net pela primeira vez pel Zip.net foi meio decepcionante… Achei q iria receber boas vindas, tipo, BEM VINDO Á INTERNET!! rsrsrs Mas não foi somente akela tela aberta fria em q me viciaria por muitos anos… VALEW! Até o proximo! obs… Há! tive q postar no meu FBK a saga do garoto sanfoneiro e o seu Dreamcast gozado…

  • http://www.paprica.org Marton Santos

    Excelente Guilherme. Se assinar no SoundCloud também a gente manda a carteirinha do Clube do Papricast! 😀

  • Luis Volkweis

    E ae galera do Papricast! Trabalho com o Elton e ele me indicou o podcast há alguns meses e desde então virei ouvinte assíduo! Após ter “gasto” os anteriores, escuto semanalmente e me identifico com as opiniões de vocês e me divirto com os temas e com onde eles levam o bate-papo.
    Isso aí que o Elton fez com o Play1 eu fiz também, mas foi aqui em Porto Alegre e com um Play emprestado!
    Eu lembro que na época tinha recém saído o primeiro Silent Hill e eu e 2 amigos piramos no jogo e pegamos um Play de um terceiro emprestado pra virar a noite jogando na casa de um deles, lá no Rubem Berta. Como é um bairro de Porto Alegre, nem me preocupei com a voltagem, mesmo sabendo que o Play só funciona em 110v. E aí foi a mesma euforia que o Elton descreveu: “vai ser fodapacaralho, vamo jogar silent hill, que afude, carai…” BOOM! No que eu liguei na tomada e apertei power, o videogame explodiu e levantou aquela fumaça cinza, fedida e a gente se olhou apavorados, pois nem chegamos a jogar e tínhamos acabado de estragar o videogame de um amigo que nem estava lá e agora teríamos uma bela dívida cujo valor ainda nem sabíamos. Fora claro, o constrangimento de ter que dizer pro cara que a gente explodiu o Play dele.
    O mais legal foi o dono da casa, na maior calma do mundo logo após a explosão, dizendo: “ah é… aqui em casa é tudo 220v. A gente mandou trocar porque é mais barato…”
    ehehehhe

    Sigam com o ótimo trabalho e parem de indicar o Jovem Nerd! hahaha!

    Abraços

  • http://www.facebook.com/thiago.barbosa.5667901 Thiago Barbosa

    era o teu play escolhendo o papa, foi a melhor de todas

  • J.A

    Que nostalgia…
    Muito bom pessoal! Continuem assim.

    Ps: Ficar 2 semanas com a fita do MK naquela época era terrorismo.

  • http://www.facebook.com/tatiana.salomao.75 Tati Salomão

    Cara, esse Papricast foi MUITO BOM!!! Tanta nostalgia me deixou feliz com as lembranças. Apesar de ser mais nova que vocês, vivi quase que as mesmas coisas. No início do ano 2000, eu tinha 10 anos e minha família estava muito mal de grana, mas foi quando eu tive o primeiro pc: um amigo do meu pai deu pra ele um computador usado antigaaaaasso, um 486 rs Fiquei mega feliz com aquele trambolho e minha maior diversão era ficar horas na frente dele jogando Prince of Persia em DOS com pixels gigantes na tela cinza. Lembro que depois coloquei Space Invaders e Pac Man. Em 2003 já tinha um pc melhorzinho, um pentium alguma coisa e foi quando descobri o maravilhoso mundo da internet de conexão discada e seu barulhinho irritante pra conectar. Nessa época comecei a entrar no chat da Rádio Cidade, uma rádio que tocava rock aqui no Rio que hoje não existe mais, e conheci meus melhores amigos lá. Praticamente todo fim de semana tinha encontro da galera do chat, assim todo mundo se conhecia e muitas amizades, namoros e até casamentos aconteceram graças ao Chat Cidade. Esse ano, eu e meus amigos comemoramos 10 anos de amizade e nos divertimos muito lembrando de como era engraçada essa época, quando tínhamos que esperar dar meia-noite pra entrar na internet, porque pagava um pulso só (ou depois de meio-dia nos fins de semana), como eu tinha que encontrar o adaptador do modem pro telefone que a minha mãe escondia pra eu não usar o computador durante o dia, como chegar a 5kbps era uma vitória foda e como ficávamos torcendo pra conexão de alguém cair quando a sala do chat estava lotada e tínhamos que ficar no “espiar bate-papo”…Fora os nicks toscos que a gente usava. Vou passar vergonha agora mas só pra vcs terem ideia, o meu nick era “Ballet&Metal!” (sim, com exclamação rs) porque eu sou bailarina e rockeira e achei que Ballet&Rock não era sonoro!!! Que bosta de vida! hahahahahaha Mas era muito bom!! Foi uma adolescência foda. Bons tempos que não voltam mais, e só nos resta sorrir com as lembranças e agradecer os avanços tecnológicos. Beijo grande pra vcs, meninos, e continuem com o trabalho maravilho! Amo o Papricast =)

  • http://gravatar.com/luisabtst Luísa

    Tá cada vez melhor, guris! Ri do começo ao fim! kkkkkkkkk

  • carlos pinheiro

    http://imageshack.us/a/img839/6025/digitalizar0007h.jpg Eu 23 anos atrás jogando Test Drive!

  • Vivian Kahl

    Sério que vocês ficaram surpresos que todos os integrantes (menos o vocalista) da Tribo de Jah eram cegos? HAhahahaha…
    Parabéns, um dos Papricasts mais divertidos! O meu primeiro computador foi um presente de 15 anos, ou seja, só em 2001! E eu só usava para trabalhos do colégio, jogar paciência e fazer uns “desenhos” (leia-se aberrações) no Paint.. haha.. depois rolou internet discada lá em casa, e aí a vida virou uma maravilha: ICQ e chat do Terra! Grandes memórias!
    Parabéns guris! Tá foda!

  • http://gravatar.com/eltonbandeira eltonbandeira
  • Thiago Matos

    Cadê os links do post D: vim todo empolgado ver o jogo u.u

  • http://gravatar.com/isipon Guilherme Isipon

    Vou ser o hipster do Papricast e dizer: “First!” Tenho me divertido muito com os casts! E estou muito feliz com a pontualidade. A qualidade também está excelente! E só pra vocês gostarem de mim, eu baixo pelo itunes, mas sempre entro aqui no site para ler as notíicias e ver o post do cast. Continuem com o excelente trabalho.
    Obrigado pelo entretenimento! Vocês têm se tornado meu podcast preferido!