Papricast 243 /// Star Wars Episódio VIII – Os Últimos Jedi

Ano novo, filme velho. É hora de aproveitar a primeira semana de 2018 para falar sobre Os Últimos Jedi, novo filme da franquia Star Wars que estreou em dezembro. Recebido com clamor pela crítica e com ódio por parte dos fãs, o novo episódio da saga Skywalker tem tudo de melhor e de pior em Star Wars. Pegue seu sabre de luz e vamos discutir os pontos positivos e negativos desse que já é um dos filmes mais polêmicos de 2017.

E vale avisar: nessa semana, graças ao feriado, os blocos 4 e 5 sairão juntos na sexta!

ATENÇÃO: Além da versão em blocos, como prometido, lançamos também uma versão em áudio único toda sexta-feira. Quem quiser continuar consumindo o conteúdo semanalmente em um único arquivo, basta assinar o novo feed, disponibilizado no final do post.

E não esqueça do nosso Clube do Livro sobre Ordem Vermelha – Filhos da Degradação que será gravado em breve.

Ainda não comprou o seu?

Clique na imagem ao lado ou nesse link para comprar com um preço bacana na Amazon sua versão impressa ou digital.

 

Padrim Papricast

CLIQUE AQUI E SE ASSOCIE AO PADRIM

Patreon Papricast

CLIQUE AQUI E SE ASSOCIE AO PAPRICAST

ASSINE NOSSO FEED!

Feed diário (um bloco por dia de segunda a sexta): http://feeds.feedburner.com/Papricast
Feed com bloco único (programa completo na sexta-feira): http://feeds.feedburner.com/papricastblocounico

Compartilhe
TAGS:
Leia Também
Comente
  • Arkhanjo Adriell

    AMO O PAPRICAST mas esse é um dos casts que sai da curva vai parar lá no Japão, quero ouvir daqui a 5 anos, digo 3 anos ,digo 1 ano, digo 1 mês quero ver quem vai falar bem desse filme ” Estranho” é um Kinder ovo com coco de surpresa

  • tales henrique

    eu gosto de pensar que foi o luke que salvou a leia no momento do voo!!
    ele sentiu que ela tava em ´perigo!

  • Bia Tomas

    Sobre o Poe e a relação com as suas superiores.

    Pelo o que eu interpretei, as duas acham que ele têm potencial para ser um grande líder algum dia, mas tem esse ímpeto de ser herói, e dificuldade de obedecer os seus superiores e isso não é algo que se ensina gritando, ele precisa entender que outras pessoasoiteao além dele, sabem o que estão fazendo e também querem o melhor para a Resistência, assim como ele.
    Isso custou a vida de várias pessoas e quase acabou com a Resistência ? Sim. Mas a Resistência está sempre a ponto de terminar mesmo, eles já estão acostumados.

    E sobre o Luke, para mim faz todo o sentido ele ter se fechado para a Força, e ter negado a Ordem Jedi. A pessoa que acreditava nela, foi a que mais de decepcionou porque as coisas não aconteceram da forma que ele acreditava. Acho que o arco do Luke foi o mais coerente e mais bem trabalhado desse filme.

  • Franklin Silva

    Adorei o Marton Full Pistola. Kkkkkkk.
    Não assisti o filme ainda, mas estou no aguardo pelos outros blocos.

  • Henrique Tavares

    Falando sério, qual a diferença do cara que faz a petição por causa do não-mexe-no-meu-Luke, esse-não-é-meu-Star-Wars, para o cara do não-mexe-na-minha-Força-quero-que-ela-seja-só-mística, que fez o George Lucas nunca mais nem poder citar as midichlorians nos outros filmes, virando a palavra mais proibida de toda a franquia? Aliás, imaginem se o Rian Johnson nessa de desafiar os fãs largasse essa palavrinha no filme?

    Por que dar siricutico quando o cara tenta inovar lá nas prequels a ponto do CRIADOR ser escurraçado por isso e ter medo de voltar nesse assunto tá ok e é superaceito no fandom, mas dar piti por alguma coisa desse filme tem que causar essa revolta, e agora fã não pode ser contra uma decisão do que é ou não é e não sei que lá?

    E que fique registrado, eu tô bem de boa com o arco do Luke e as mudanças e viradas em geral. Na verdade, por mim podia até mudar mais, achei que ainda jogaram seguro, que essa dinâmica de império-vs-rebeldes- também já deu.

    • martonsantos

      Tu tem um bom ponto, mesmo.

      Agora não sei se chegou a pedir invalidação de Ep 1 por causa disso.

  • disqus_1o8LHjsjWx

    Graças a Una! Terminei de ler A ordem vermelha agora é vim correndo saber se não tinha perdido o timing do clube do livro! Hahahaha. Vão rolar os áudios dos leitores/ouvintes?

    Smack e feliz ano novo!

    PS. Sou do time q adorou The last Jedi.

  • Thiago Cantalupo

    POw, uma coisa que me incomodou muito sobre esse Luke do filme foi que ele foi tentado a matar o proprio sobrinho que não tinha feito nada de errado ainda. É muito difícil engolir que esse é o mesmo Luke que tentou até o final salvar o genocida Darth Vader.

    • martonsantos

      Ele não tentou né… ele teve, por um segundo, a ideia de matar e se arrependeu em seguida. Exatamente os pensamentos conflitantes que o personagem tem desde O Império Contra-Ataca.

      • Joshua Hellman

        O Luke então não evoluiu nada este tempo todo? Porr@ cara, foi muito merd@ essa cena!

        • DS9/BSG

          Como não evoluiu? Ele se isolou da força pelos erros que cometeu no passado e no final mostrou o quão poderoso ele eh… E ainda passa a Rey a nova mentalidade sobre a força e os jedi

      • Thiago Cantalupo

        Não? Eu lembro dele ir até o quarto do Ben (nas duas cenas contadas por ele e pelo Ben) e nas duas ele liga o sabre. Ele tem pensamentos conflitantes, concordo em absoluto contigo nisso ,mas, a ultima vez que vimos o Luke, ele salvou o Vader(salvou mesmo, ele até virou um fantasma da força) apesar do medo de um Sith que era muito mais poderoso , e ele estava se portando como o herói que a gente viu se construir. Eu acho que talvez eles devessem te dado mais tempo a um desenvolvimento do Luke para que nos entendêssemos melhor o que diabos aconteceu. Não da pra engolir que ele não aprendeu nada com o que aconteceu no ICA e no retorno de Jedi.

        • Thiago Cantalupo

          Pra não pagar de Hater( pq, apesar do escorregão feio na banana, eu adorei o filme) , deixa eu falar de uma coisa que eu achei foda: A cena da Rey na ilha, quando ela,puxada pelo lado negro, toca um espelho e vê milhares de copias dela e não recebe nenhuma das respostas que ela quer. Caralho que forma linda de mostrar a epifania dela sobre o lado negro, a realização de que a violência pura não é resposta pra tudo.

        • martonsantos

          Cara, preciso rever a cena, mas tenho quase certeza que na versão dele, o sabre só acende quando o Kylo Ren acende o dele.

          E, sinceramente, acho que tu está romantizando o herói que o Luke nunca foi. Quem salva ele no final de O Retorno de Jedi é o Vader. Ele ficou altamente tentado a seguir com o Palpatine minutos antes, resiste e quase é morto pelo Palpatine, só sendo salvo pela redenção do pai. Essa ideia de que o Luke era um jedi “full bright” nunca existiu. Ele sempre foi atormentado pela dualidade da força, e isso não é algo que “se supere” com os anos.

          Vale lembrar que entre a traição mútua e fuga do Kylo e o final de O Retorno de Jedi, devem ter se passado uns 15, 16 anos onde ele exerceu seus poderes com plenitude e pode ter vivido outras aventuras, fora os 10 ou mais anos de exílio longe da força. Acho o personagem do Luke tão interessante por sempre estar nessa balança entre o bem e o mal, a curiosidade e o medo pelo poder pleno do lado escuro. Coisa muito explorada, inclusive, no finado universo expandido. Agora parece que se exige que um personagem que nunca viveu essa plenitude do lawfull good se torne um mestre plácido, vestido de branco. Pra mim, a jornada dele é condizente com os anos que se passaram e com a personalidade dele. Não faria sentido se esse filme fosse uma continuação direta de Ep 6. Não é.

          • Thiago Cantalupo

            Você tem que concordar que eles se salvaram. Quem despertou no Vader os sentiments que levaram a revolta contra o imperador foi o Luke. E depois que o Vader salva ele(falando mais literalmente, mas nas palavra do Vader: Você já me salvou). Se ir tentar redimir teu pai, que já explodiu um planeta, não faz de você um herói, nada mais é capaz de fazer.

            E,sinceramente, eu acho que você está se agarrando a extrapolações para justificar um erro de roteiro. Mesmo tendo em mente que os acontecimentos deste filme estão muito distantes do RDJ, fica a falha de um personagem que estava numa balança dos lados da força e pendeu para o lado claro no final do ultimo filme em que o vimos. Se tornou um Jedi.( já que nada do universo extendido vale mais.)

            Eu não exijo um personagem que seja leal e bom, um mestre monje paladino da justiça. E apenas gostaria de ver um roteiro que respeita-se os desenvolvimentos anteriores e as características dos personagens. Se for necessário desenvolver o personagem de alguma forma , que isso seja feito em tela.

            ps: Juro que não assinei petição alguma , mas, concordo com o Mark Hamill ao dizer que aquele não é o mesmo Luke que ele fez antes. Talvez seja o Jake Skywalker.

          • DS9/BSG

            As pessoas mudam… Me lembro do Thulsa doom no Conan de 1982, onde o cimerio o acusa pela morte de seus pais e tribo…o Thulsa para..pensa e diz: Ah isso foi quando eu era jovem…e ainda estava na minha busca pelo enigma do aço… Um filme não precisa ficar explicando tudo…o luke pode ter errado seu julgamento em relação ao Ben…isso torna o personagem ate mais interessante. ..

    • Góris Faria

      Exato!
      Não faz sentido!